Projetos

A igualdade como uma estratégia de combate à pobreza no Panamá

agosto de 2002 - dezembro de 2002

Esse estudo visava descrever (a) como a sociedade panamenha alcançou sua atual condição de pobreza, (b) qual é a natureza da pobreza no Panamá e (c) quais são as estratégias mais eficazes de combate a pobreza a serem adotadas nas próximas décadas, dadas as peculiaridades do país. O estudo terá quatro partes:

  • a primeira buscou avaliar a evolução da distribuição de renda durante as últimas décadas e comparar a estrutura atual com vários países em desenvolvimento, principalmente, os países latino-americanos.
  • na segunda parte, foram investigados os macro determinantes da pobreza: (a) insuficiência de recursos e (b) sua distribuição desigual.
  • a terceira parte enfocou os determinantes da renda per capita e do grau de desigualdade do país, identificando qual o fator determinante da menor renda per capita do país e do seu alto grau de desigualdade, em comparação com os países industrializados e os países latino-americanos mais ricos.
  • a quarta e última parte desse estudo buscou reforçar a hipótese de que no Panamá a pobreza não é resultado da falta de trabalho, mas da baixa qualidade dos postos de trabalho disponíveis.