Projetos

Sugestões de aprimoramento do modelo socioeconômico para regulação de perdas comerciais

fevereiro de 2008 - em andamento

Este estudo busca analisar a metodologia e os critérios adotados pela ANEEL no cálculo do nível máximo de perdas não técnicas admitido para cada concessionária e propor um aprimoramento do modelo utilizado.

Recentemente, a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) divulgou a Nota Técnica 348/2007 com o objetivo de apresentar uma metodologia para o cálculo do nível máximo de perdas não técnicas admitido para cada concessionária, considerando as diferenças socioeconômicas entre as áreas de concessão. Na classificação das concessionárias proposta pela ANEEL, a LIGHT ficou em 16º lugar no ranking do valor estimado das perdas da distribuição de energia, bem distante dos primeiros lugares que ocupa na colocação real deste ranking.

Utilizando de forma extensiva as diversas bases de dados disponíveis, o relatório final analisa os fatores socioeconômicos e institucionais que podem estar refletidos nas perdas não técnicas, não apenas da Light, mas de todas as outras concessionárias, com o objetivo de propor um modelo para regulação das perdas não técnicas na distribuição de energia elétrica que considerem variáveis relevantes no dimensionamento do ambiente institucional/social e suas complexidades.