Projetos

Trajetórias intersetoriais: padrões e desafios para o SENAI

junho de 2004 - outubro de 2004

O objetivo desse projeto é analisar as características dos trabalhadores com trajetórias virtuosas nas indústrias de máquinas e equipamentos e de fabricação de eletrônicos entre 1994 e 2002.

Para tanto, duas estratégias empíricas serão utilizadas: (i) analisar as trajetórias dos profissionais empregados em ocupações emergentes e (ii) verificar o perfil dos trabalhadores com trajetórias virtuosas em ocupações decadentes. Pretende-se, então, identificar o grau de empregabilidade de acordo com a trajetória no mercado de trabalho formal e, com isso, contribuir para a construção de um sistema de informações que oriente a escolha sobre programas e cursos de formação e requalificação profissional.

Metodologia e apresentação dos resultados

A fonte de informações utilizada nesse projeto será a RaisMigra, que é baseada nos registros administrativos da Rais/MTE e permite acompanhar o mesmo trabalhador empregado no mercado de trabalho formal ao longo do tempo através do número do PIS/PASEP. O universo de análise será restrito aos empregados nas indústrias de máquinas e equipamentos e de fabricação de eletrônicos em 2002. Para estes trabalhadores serão criadas tipologias a partir de diversas variáveis - idade, escolaridade, tempo no vínculo - associadas a diferentes padrões de mobilidade entre 1994 e 2002, identificando trajetórias virtuosas e decadentes.

Os resultados serão apresentados em texto organizado em três capítulos, com o seguinte conteúdo:

  • Análise das ocupações emergentes e decadentes nas indústrias de máquinas e equipamentos e de fabricação de eletrônicos;
  • Metodologia das trajetórias virtuosas e aplicação na base de dados RaisMigra;
  • Análise dos padrões de mobilidade ocupacional, identificando trajetórias virtuosas, e os desafios para o Senai.